1.4.14

Lisboa.

Um momento de raparigas no Terreiro do Paço.
21-03-2014
Pela primeira vez, visitei a capital. Quer dizer, já tinha visitado Lisboa, mas não aquela Lisboa que vi naquela tarde de Março.




O objetivo era visitar o Convento de Mafra, coisa que parece que é tradição da minha escola aquando da leitura do Memorial do Convento.
Porém, no dia 21 o destino foi outro. O grupo de Matemática decidiu proporcionar-nos um dia diferente, que começou às 6h da manhã.
Malas feitas, comida para um mês e máquina fotográfica! E lá começou esta incrível viagem.
Após 4h e algumas paragens em estações de serviço, chegámos ao Parque das Nações. Foi aqui, precisamente, que "adotei" a real essência da capital. As paisagens, os teleféricos, o terreiro do Paço, o sol, o rio Tejo e um flash mob de rancho - todos fizeram parte deste novo lado da Lisboa, pela qual me apaixonei.
Já para não falar de que risquei um objetivo da minha wishlist - Beber um café da Starbucks - que por sinal, não é só nome, o café é mesmo bom e por isso, vale a pena cada euro.
O dia tinha que terminar no mais maravilhoso e conhecido sitio do mundo - McDonald's. Podiam existir mil e um restaurantes conceituados em Lisboa, que todos nós só víamos o Mac.
De seguida, fomos para uma pousada, em Almada, para "dormirmos". É claro que ninguém dormiu! Feta é feta. Desde assuntos paranormais a boa música, a nossa noite de monótona não teve nada.
É claro que tanta diversão foi paga no dia seguinte. Panorama: sono, chuva e uma basílica cheia de história para ouvir.
Sem me querer alongar acerca da visita guiada ao Palácio, pois certamente muitos de vocês já o visitaram com as respetivas escolas, queria dizer que o Memorial não é assim tão fácil de odiar depois de percebermos o contexto histórico, social e cultural da obra.
Depois de um bom sono no autocarro (e de fotos de amigos meus que o comprovam) chegamos a Óbidos. A chuva era tanta que a magia da cidade perdeu-se, pelo menos para mim.
Contudo, Lisboa ganhou uma nova alma. E daqui retiro que os lugares são mesmo construídos pelas pessoas e têm o significado que têm por causa de quem nos acompanha.
E bom, depois de um tempo afastada do meu cantinho, resolvi partilhar uma das boas experiências da minha vida, que irei guardar para sempre.

Aqui ficam algumas das fotos das quais me orgulho de ter tirado, enquanto lá estive.
O meu tão desejado Starbucks coffee, com o meu nome (in love with this pic)
A porta de entrada do Palácio.
Uma foto tirada no Pavilhão do Conhecimento.
Yeeeah. That's Cristo Rei!
Uma breve foto em frente ao Tejo.
Espero lá voltar e construir novas memórias. XOXO.

2 comentários:

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic