30.8.14

MOMENTS | They were here

    Ontem à noite aconteceu uma coisa particularmente engraçada. 

    Estava eu no sofá a ver alguns blogs e com a tv ligada só para ter uma espécie de som de fundo (quem não?) até que olho para a minha mãe, na tentativa que ela acorde (sim, porque a partir das 23h já não há mulher para ninguém) e não é que ela acorda mesmo?! Foi aí que percebeu que eu estava a fitá-la e disse, sonolenta: "Diz Inês" e eu: "Nada, nada..." (achando eu que o que lhe queria realmente dizer não justificava o esforço que ela teria de fazer para se concentrar). Mas, como sempre, aquela mulher quer perceber-me, quer ouvir-me e então insistiu: "Diz, eu sei que me querias dizer algo." E como o mal já estava feito, respondi-lhe, sorrindo: "Na verdade, quero fazer-te uma pergunta. Como é que se faz massa?" Ela riu-se - quer dizer, ninguém se ri à 1h da manhã - sorriu, como se me dissesse, numa espécie de desabafo: "Vais fugir daqui a poucas semanas e queres saber como te desenrascas longe de mim, não é?"
Depois, claro, explicou-me todo o processo (c/ truques, tempos, etc) e até me disse que quando eu estivesse num dia mau podia simplesmente dirigir-me ao supermercado mais próximo e comprar massa pré-feita, que apenas leva 3 minutos a preparar.
   Entretanto, chega o meu pai (super fora do contexto, como sempre) e baseando-se apenas numa ou duas palavras que ouviu, enquanto descia as escadas, diz perspicaz e comicamente: "Vocês sabem que as chamadas vão continuar a ser grátis, certo?"

E eu ri-me (sim, porque a minha capacidade para rir é enorme, a qualquer hora do dia) enquanto a minha mãe sorria em jeito de alívio, como se confessasse: "Ah, pois é. já me tinha esquecido que pelo menos a tua voz poderei ouvir."






É por estas e outras infinitas coisas que eu os amo. Onde quer que estejam, serão sempre a minha casa.


5 comentários:

  1. E é assim que faz sentido :)
    Massa é a comida dos universitários, fiquem na casa dos pais ou não x)

    ResponderEliminar
  2. Aww haha adorei ler :)

    Love Ana,
    anasofiachic.blogspot.co.uk

    ResponderEliminar
  3. Até foi algo engraçado eheh e eu também uso a televisão para ter alguma "companhia" quando estou no pc. Agora que se aproxima o momento de ires embora a nostalgia também começa a crescer de dia para dia :)

    ResponderEliminar
  4. É no que dá serem "inseparáveis" .. :p mas olha que o teu pai esteve muito bem ahah

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic