22.9.14

COLLEGE | 1st Day


O dia começou, para mim, às 9h20 da manhã. Tenha-se em conta que a minha aula era só às 11h. Porém, como eu ainda sou um pouco analfabeta em conometrar o meu tempo e geri-lo em função de apanhar o autocarro a tempo, acabei por acordar muito mais cedo para evitar atrasos e cheguei ao Hospital eram 10h15. Liguei a uma colega minha e tomamos o pequeno-almoço juntas, na faculdade.

Sendo uma segunda-feira escura e chuventa, eu diria que as aulas introdutórias que tive hoje iluminaram o meu dia. 
Comecei com Módulo II; que é uma aula teórica que reúne cinco cadeiras: Fisiologia, Farmacologia, Histologia, Fisiologia, Anatomia e, por fim, Bioquímica. Este módulo vai funcionar da seguinte forma: imagine-se que falamos de um determinado osso do corpo humano numa destas aulas, o que acontece é que em cada uma das cinco cadeiras haverá uma parte da matéria correspondente a esse mesmo osso, nomeadamente a descrição, a localização e até a função do mesmo. E estou a fazer este aparte porque desde que tenho o horário que me questionava acerca destes Módulos. Não fazia ideia o que seriam. Hoje, fiquei esclarecida!

O meu professor de Bioquímica é simplesmente um dos professores aparentemente mais simpáticos e compreensíveis, que conheci até hoje. Deixou-nos com uma ótima primeira impressão, tanto dele e do seu método de aula como do próprio curso. Há muito que não me sentia tão inspirada e motivada em relação a um projeto. 
Apontei até algumas das frases que foi proferindo ao longo da aula, passo a citar:

"Na vida não interessa só o que vem no exame, há outras coisas que interessam e muito, felizmente."
"Não se precipitem, apenas esperem o melhor e preparem-se para o pior."

Depois, saímos do auditório e fomos direitinhos para um anfiteatro (já mais antigo e feito de madeira) e aí comecei a sentir aquele espírito académico incrível, que simplesmente é indescritível. Neste espaço já conseguíamos ver as caras uns dos outros, estar mais próximos do locutor - que neste caso era um doutor - estávamos então na nossa primeira aula da tão temida Anatomia (aka o cadeirão do primeiro ano de Medicina).
Não saí de lá assustada. Saí de lá ainda mais entusiasmada. Acreditem que era capaz de viver o dia de hoje mais umas mil vezes só para voltar àquela atmosfera. E olhem que o resto do dia não foi assim tão magnífico.
Almoçámos na faculdade (ao tempo que não comia uma comidinha tão completa!) e decidimos que íamos ao Colombo, mas a chuva decidiu por nós e ninguém foi a lado nenhum.

Meti-me num autocarro, o 701, que só por acaso ia com mais ou menos 100 pessoas lá dentro, em hora de ponta, apertadas, soadas. Meu Deus. Demorei cerca de meia hora a chegar a casa, quando normalmente faço-o em 10 minutos. 

E agora estou cheia de sono, porque os aviões não me têm deixado dormir. São uns fofos.
As segundas-feiras não seriam o mesmo se não chateassem um bocadinho. 


3 comentários:

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic