10.5.15

Gosto muito de ti, mas gosto ainda mais de mim



Lisboa, menina e moça.


Gosto muito de ti, é verdade. Mas gosto tão mais do que sou. E o que sou implica-te, mas também exige o que fui, onde pertenço. O Norte. O meu belo amado Norte. Não o sabia amar mas hoje sei e nunca me vou esquecer da sensação que é estar longe dele. Ele que implica os meus.

Para a semana começa oficialmente a minha época de exames e, daqui a um mês, já devo estar quase quase a dizer-te adeus por uns belos tempos. 

Tenho saudades de casa. Estou aqui mas não estou mesmo. E é por isto que preciso muito de me despedir de ti. Preciso e mereço-o. 

Ainda que te adore, Lisboa. Adoro-os ainda mais e não os troco por lugar nenhum. 
Até já.

1 comentário:

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic