9.6.15

A Blogosfera de Hoje



O She Was Here nasceu há dois anos, mas a verdade é que a blogosfera já é minha conhecida há muito mais tempo. Tempo esse que me permitiu observar as evoluções desta rede social que hoje me é tão querida.



Tenho que confessar que a blogo, inicialmente, me era um pouco distante. Não gostava da plataforma: da forma como os comentários tinham que ser feitos ou da salganhada que havia sempre que queria seguir alguém e tinha que fazer uma caça ao botão seguir no blog. Eram coisas que me aborreciam. E que, sinceramente, me mantinham mais longe deste canto. 

Com o passar dos anos, a descoberta de novos blogs e da minha própria personalidade enquanto blogger, fez-me ver que podia tirar proveito desta rede social. E percebi também que este era um sítio onde podia ser eu mesma e partilhá-lo com pessoas que, de certa forma, se identificassem comigo e me fizessem sentir bem comigo mesma por acreditarem naquilo que eu queria alcançar ou simplesmente por partilharem os mesmos mini prazeres da vida que eu escolhia para mim.

Hoje. Hoje sei que é aqui que posso aprender muito comigo e com os outros. Posso inspirar-me e inspirar. Os blogs que por aqui leio são cada vez mais interativos, úteis e bonitos. A verdade é que a era do fundo preto e letras às cores por todo o lado já era mesmo! Os blogs estão cada vez mais minimalistas, focando toda a sua atenção para o conteúdo e isto é um ponto que realmente me agrada. Less is more.

Confesso que sinto que a blogosfera dá uma pitada de vida à vida. Que as pessoas vivem mais e melhor o dia-a-dia porque sabem o que querem fazer, onde querem chegar e, neste sentido, percebem a urgência de serem felizes. E é, em parte, boa culpa do blog! É ele que nos força a querermos ser e fazer um pouco mais para o partilhar com os outros que, na verdade, acaba por ser uma partilha para nós. Uma auto-celebração de quem somos e de como o somos. Tenho a certeza de que quem tem um blog percebe isto que acabei de dizer.

Por fim, não podia de deixar de agradecer a esta maravilhosa plataforma que nos une demasiado. Que me fez conhecer-me por dentro. E esta é a pura das verdades. Ao escrevermos sobre nós, obrigá-mo-nos sempre a refletir sobre aquilo que já fizemos, aquilo em que nos estamos a tornar, quem e como já amámos e, mais ainda, forçá-mo-nos a pensar no amanhã como uma nova oportunidade de viver e bem. Pelo menos, é assim que eu vejo este sítio. Um destino onde quero sempre voltar, de sorriso na cara!


1 comentário:

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic