1.7.15

COLLEGE | A etiqueta que não cansa



É dia 1 e eu tive o meu primeiro dia de estágio. Desta vez diferente. Desta vez no centro de saúde da minha própria terra, sentada ao lado de um médico de Medicina Geral e Familiar, com tarefas e uma assistência diferente. 

O típico médico de família. O que passa umas baixas. O que mede a tensão arterial. O que passa a pílula.

Estas são algumas das impressões que uma pessoa tem de um médico que se fique por esta área. Mas hoje eu vi mais do que isso. Vi um profissional que não se fica por uma só especialidade. Não só pergunta como vai o seu coração? como se preocupa realmente com o estado emocional do doente.
Espero ver mais nestes próximos dias para que o feedback que tenho para vos dar seja o mais positivo ou, pelo menos, o mais sincero possível.

1 comentário:

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic