18.10.15

MOVIEtip | The Help (2011)


Eu e o Diogo temos uma rotina que levamos muito à séria. Sempre que vamos para Lisboa ou regressamos, é obrigatório que haja um filme a riscar da nossa Watchlist do Imdb. Desta vez, foi o The Help, ou como lhe chamam em português (mais do Brasil): as Serviçais.



Este filme é diferente. Conta-nos uma história envolvida num contexto que nos é conhecido, mas de uma outra perspetiva. E a perspetiva é a da cultura. Ou deverei dizer: da má cultura? 

De todos os episódios chocantes que a História do Mundo nos revela, um daqueles que mais me repugna e me é muito difícil de entender ainda hoje, é o cultivar do preconceito. Não consigo lidar com ele. Vem carregado de comportamentos pouco dignos de serem chamados de humanos, sequer.  
Este filme vem desenterrar isso mesmo: um dos maiores problemas - ainda atuais, por muito que caminhem para serem cada vez mais uma exceção à regra - vividos no passado: o racismo. O ato animalesco de se tratar alguém de forma desumana porque, pura e simplesmente, nasceu com umas pitadas a mais de melanina.

Não é preciso mais do que uma receita de Emma Stone, Viola Davis e Octavia Spencer (não descurando do resto do elenco incrível) para que acreditem que este poço de ignorância será bem esvaziado pelas excelentes interpretações de cada uma. 

Estejam atentos a este filme. Por favor, vejam-no com olhos de quem vê e coração de quem sente. É importante que deixem mesmo o que quer que seja que tenham em mente hoje e se foquem na realidade que nos é atirada à cara nestas duas horas (e muito) de filme.


Por fim, quero dar o meu destaque para a genialidade do guarda-roupa e do cenário que se observa em cada canto. Cada detalhe,  cada palavra, a boa dose de retro vintage em cada segundo de filme. Tudo tão mas tão bem pensado. 

Avisos finais: vão querer chorar (mais vezes do que achavam assim que começaram a ver o filme); vão querer espancar algumas personagens de tantas e tantas vezes ultrapassarem o limiar da crueldade (percebo totalmente a raiva); vão colocar-se no lugar das "helpers" e não vão gostar da sensação do azar que é, para qualquer pessoa, nascer num determinado ano, numa determinada terra e duma determinada cor.

E, como apoiante do não spoiler que sou, deixo aqui apenas a minha grande admiração por este filme, que acho mesmo que é um daqueles que levo para a vida. 

Quem já viu este fantástico filme?

9 comentários:

  1. Eu nunca vi, mas já estive a uns segundos de o ver quando o gravei pela televisão. Mas só por esta publicação (e como estou numa de assistir mais filmes) tenho de adicioná-lo na minha lista de filmes para ver.
    Não sou lá muito de assistir filmes que englobam o racismo, pois sendo da raça que sou, dói-me imenso imaginar que se eu tivesse nascido há 30 ou 40 anos atrás e não há 17, eu provavelmente seria uma infeliz. Mas defendo que também é bastante importante termos em conta estes "avisos" por parte do entretenimento, de modo a abrirmos os olhos e aprendermos a respeitar os outros por aquilo que eles são.
    Beijinhos.
    http://avidadelyne.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Nunca tinha ouvido falar deste filme - o que é compreensível pela quantidade de novos filmes que estreiam -, mas convenceste-me com Viola Davis. Vou guardar na minha WatchList.

    ResponderEliminar
  3. Eu ainda não vi mas acho que depois de ler o teu post vai ser um a colocar na lista :)

    ResponderEliminar
  4. Este é mesmo um dos meus filmes favoritos, não só pela história em si que é transmitida de uma maneira maravilhosa, como pela escolha do guarda-roupa, pela sonorização, imagem,... tudo está perfeito para tornar o filme ainda mais especial!

    ResponderEliminar
  5. é bom filme mas um excelente livro

    ResponderEliminar
  6. Se gostaste do filme (que é realmente muito bom), dá também uma oportunidade ao livro, que é fantástico!

    ResponderEliminar
  7. Já tinha ouvido falar mas confesso que me passou completamente ao lado.

    ResponderEliminar
  8. Eu gostei muito e acho que é um filme que aborda com novidade um tema que é abordado tantas vezes (:
    R: obrigada pelas sugestões, Inês! Algumas já estavam na minha "lista mental" mas outras são igualmente preciosas, obrigada (:

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic