23.12.15

COOK | Felizmente, fiz Ovos Benedict



Andava há uma eternidade para experimentar estes ovos. E hoje, depois de uma manhã de estudo intensivo pensei: Porque não fazer os meus próprios ovos Benedict? Se falhar, sempre há pizza no frigorífico. E foi então que o Chefe Google me ajudou. O primeiro link milagroso dizia respeito a uma receita da Filipa Gomes, uma pin-up-chef-girl que eu adoro, de coração, seguir no canal 24 Kitchen. Para os pequenos almoços loooongos de Domingo ou então para um almoço mais preguiçoso. Venham daí e conheçam a minha reinterpretação da receita.




I N G R E D I E N T E S

para o molho holandês

3 ovos tamanho M
1 c. sopa de sumo de limão
1 c. sopa de água
100g de manteiga derretida

para os ovos escalfados

vinagre
sal
2 vianas/pães de forma
2 ovos
4 fatias de bacon
manteiga


1. Começa pelo molho holandês. 


Coloca 2 dedos de água num tacho a ferver. 

Entretanto, junta 2 gemas de ovo numa taça, e acrescenta 1 colher de sopa de sumo de limão (de um limão espremido), 1 colher de sopa de água e um pouco de sal, e bate tudo com uma vara de arames.

Quando as gemas começarem a ficar esbranquiçadas, coloca a taça sobre o tacho que está ao lume, e bate-as durante 2 a 5 minutos, até que a mistura fique mais espessa.

Passado esse tempo, tira do lume e continua a bater, enquanto adicionas lentamente 100 gramas de manteiga derretida. Depois de se incorporar tudo, podes reservar o molho holandês e colocar, já de seguida, uma frigideira alta (usei um tacho alto e funcionou à mesma) ao lume com água e um pouco de vinagre (coloquei uma colher de sopa de vinagre).

Parte 2 ovos para taças individuais. Entretanto, podes torrar as vianas cobertas de manteiga e partidas em duas metades.

Regressa à frigideira, mexe a água até criar um remoinho introduz os ovos no centro e deixa escalfar durante 3 minutos.


Este é o momento certo para removeres o pão da chapa e fritares 4 fatias de bacon



Por fim, podes desligar o fogão e, finalmente servir os ovos Benedict dispondo uma metade de pão, uma fatia de bacon, um ovo escalfado, e por último o molho holandês.

Ponto positivo: O molho holandês. Apesar de não ter ficado com a textura que eu pretendia, o sabor esteve lá. Os ovos escalfados também foram uma surpresa! Nunca tinha preparado um ovo desta forma e foi fantástico observar o método de preparação (só 1 dos ovos é que correu bem, o outro sofreu uma explosão estilo Big Bang e deixou aquele fundo farelado e amarelo na panela, como estão a ver na terceira foto da primeira linha, abaixo.

Ponto negativo: O pão. Era o único que tinha cá em casa e, por isso, não recomendo o uso de pão de forma na preparação deste prato, uma vez que não tem a consistência necessária para suportar a gema e o molho holandês que vão como que humedecendo o mesmo. Se puderem, experimentem mesmo a viana que a Filipa usa na confeção do prato.


Espero que consigam executar isto tão bem como eu o fiz, assim à primeira. Sem queimar tachos, nem deixar cair ovos. Vocês conseguem! Digam-me como correu depois.

9 comentários:

  1. Que bom aspeto! Tenho de experimentar!
    Também adoro ver a Filipa Dias. Faz coisas deliciosas e é tão divertida!
    xoxo, Ana

    The Insomniac Owl Blog

    ResponderEliminar
  2. Adoro as receitas que aqui partilhas porque são sempre tão fáceis e parecem todas deliciosas. Não te disse, mas experimentei a omelete no microondas porque vi aqui no teu blogue e confesso que amei. Continua Inês! :)

    ResponderEliminar
  3. É uma receita que está na minha lista de "Experiências Futuras" já à milhões de anos...

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic