1.1.16

MAKEUP | Self love comes from the outside too


 A hora da maquilhagem é, para mim, terapêutica. A verdade é que não sou uma fanática, nem tenho mil e um produtos, mas gosto de me maquilhar. Quando o faço, faço-o para mim. Para me sentir bonita e, consequentemente, confiante. Em tempo de faculdade, em que o despertador toca às oito da manhã, há que reconhecer que é difícil sentirmo-nos logo motivadas e prontas para mais um dia. Mas a verdade é que no momento em que começo a traçar o meu eyeliner e a ver os meus olhos mais delineados, a minha pele mais uniforme e com uma cor dita mais "saudável", sinto-me bem. É neste preciso instante que quase parece que me encontro de novo, é como se dissesse a mim mesma: Hello, it's me.


No que toca à minha maquilhagem, eu sou mesmo muito conservadora. E, com isto, digo que quando descubro um produto incrível, eu mantenho-me fiel a ele e faço dele uma rotina. Fiquem a conhecer os meus essenciais de - quase - sempre, com umas ligeiras alterações, em relação à última vez que vos falei das minhas rotinas pela Cosmeticolândia. 






O MAPA ...



1. 
Os pincéis. Eu não sou muito picuinhas com os tipos de pincéis que uso. Estes cinco que veem na imagem da direita foram-me todos oferecidos pela minha mãe, que os comprou numa loja de cosmética local. E, por isso, em relação a elas vou apenas salientar aquela que uso para aplicar a base (que é a que veem com as pontas mais claras, por detrás do eyeliner da avon). Acho mesmo essencial que tenham um pincel com esta textura e que, acima de tudo, apliquem a base de forma intermitente. Não "varram" a pele, como se arrastassem a base. Deem "pancadinhas" contra a face, é a forma mais ridícula mas também a mais fácil de vos explicar como o faço. A base fica rapidamente muito mais uniforme e eu acho que isto acontece porque a) incentivamos determinados pontos na circulação sanguínea superficial que favorecem a dispersão do produto b) preenchemos as nossas irregularidades da pele, uma vez que pelo facto de estas serem quase que concâvas, impede que uma aplicação "efeito vassoura" não chegue ao fundo do poro. Não sei se me faço entender, mas estas são as duas minhas teorias super elaboradas sobre o assunto, como podem perceber.

A máscara de pestanas. Uso esta da Flormar. Eu acho que as minhas pestanas foram desenhadas para serem esculpidas por rímeis gordinhos. E pronto, vou manter-me fiel a máscaras de largo diâmetro, que é o caso desta. No que toca a rímeis, gosto que a) não sejam granulosos e que, sobretudo b) não me petrifiquem as pestanas. E esta máscara é bastante flexível, não deixa as pestanas duras e tem uma boa pigmentação e duração.



10
A minha base. Este sim é o produto. Há dois anos que a uso e já não quero usar outra no Inverno. É da Yves Rocher e eu uso-a no tom beige medium. Foi-me oferecida pela minha madrinha e, agora é já prenda certa de Natal. É certamente o meu clássico da maquilhagem por me dar um ar leve, fresco e acabado. Tem um efeito mate que eu gosto particularmente e já o experimentei em amigas minhas - também elas morenas mas com uma pele totalmente diferente da minha - e o efeito uniforme foi semelhante. Aconselho vivamente pelas qualidades que referi e sobretudo, pelo preço, que é simpático. 

Podem adquiri-la junto de vendedoras da Avon, por exemplo. 


6.
Da esquerda para a direita 

  • um creme hidratante para as pálpebras, que me foi oferecido neste Natal e que confesso não usar as vezes que deveria). 
  • um gloss com efeito mate da Flormar da edição limitada Extreme Color Lip Lacquer, no tom 02 Freedom Spirit. Normalmente, não uso batom vermelho, mas quando o uso em dias especiais sinto que é difícil removê-lo dos lábios ou então os lábios tornam-se muito secos. Este é diferente porque, apesar de ser mate, deixa os lábios livres e dura imenso tempo. Foi-me oferecido pela minha avó! Com muito amor por parte dela, que bem gostava deste batom.
  • falei-vos deste corretor da H&M aqui. Continua a fazer sentido para mim usá-lo.
  • Por último, um batom vermelho da KIKO no tom Red Metallic que andava aqui perdido pela minha bolsinha de maquilhagem. Há muito que não o uso, pelo facto de estar apaixonada pelo da Flormar que, infelizmente, penso já não existir nas lojas. Mas trouxe-vos aqui na eventualidade de eles se lembrarem de o recolocar à venda. (fingers crossed)



MAIS SOBRE...

2. Falei-vos sobre o meu primer aqui.

3. Já tinha mostrado a palete Smokey Nudes, da H&M pelo instagram. Acho que contém cores suficientes e, apesar de não ser uma miúda de sombras, gosto bastante da duração e pigmentação destas. 

4. O novo eyeliner Super Extend da AVON tem uma ponta super fininha e é bem pigmentado. O único mal que eu vejo é o facto de ser uma caneta. O produto tende a secar muito facilmente quando vem nesta forma. No entanto, para principiantes em eyeliner - e eu confesso que acho que somos toooooda a vida principiantes, porque é realmente difícil de se alcançar um linha perfeita - é a forma ideal, a meu ver.

5. O pó compacto. É da Oriflame, tenho-o há um tempão, mas não acho que seja o ideal. No entanto, tenho ouvido falar muito bem do pó compacto da H&M e a verdade é que eu própria já tive a oportunidade de o experimentar na loja e adorei o efeito. Só não gostei tanto do preço e isso impediu-me de o comprar, na altura. Costumo aplicar este pó depois de corrigir as olheiras e na zona T, para evitar oleosidades ao longo do dia. 

7. Acho que já referi imensas vezes o meu bronzer e blush da KIKO. Foram também edições limitadas, mas agora vêm numa caixinha de madeira muito bonita, sendo que o tom é o mesmo, ainda que o nome do produto seja diferente. Chama-se Essential Bronzer e este é o tom 201 Sienna Melange. 

8. Este revirador de pestanas é só mais um. Não é nada de especial, nem merece referências extensivas. Uso-o para dias festivos e posso dizer que faz uma ligeira diferença no que toca a arrebitar estas miúdas. Durante 5 segundos apertam as pestanas e voilà. Não aconselho fazê-lo depois de aplicar a máscara. Sempre antes!


E está. Este mood de véspera de ano novo deixou-me inspirada para vos vir falar de maquilhagem e foi o que fiz! Espero que tenham dançado muito e, acima de tudo, que se tenham sentido bonitas, confiantes, vocês mesmas. Que sempre que passaram no espelho tenham sentido a voz da Adele por trás da orelha a dizer Hello, It's Me. 

2 comentários:

  1. Não utilizo maquilhagem mas tenho interesse pelo assunto! Adorei conhecer os teus essenciais!

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic