19.3.16

Do semestre...

Esta primeira semana de faculdade foi muito boa para mim. Percebi que vou ter um semestre esforçado, mas motivante. Vou aprender coisas incríveis! Este semestre é dedicado às Neurociências e nele se integram cadeiras como neurofarmacologia, neuroanatomia, neuropsicologia e neurofisiologia. Tudo neeeeeuro! Pela primeira vez, no meu curso, vou ter a oportunidade de explorar temas relacionados com a saúde mental e, igualmente importante, o desequilíbrio da mesma.

Apesar de todas estas cadeiras me terem deixado já curiosa, houve uma em particular que começou já a ter efeitos em mim. E essa cadeira foi neuropsicologia. Tivemos uma aula com um psicólogo, que vai ser o nosso tutor nas próximas semanas. Foi uma aula diferente. Pela primeira vez, senti que uma  aula prática foi mesmo prática! Sem livros e apontamentos a mais. Baseou-se numa só pessoa a falar-nos do que sabe e a transmiti-lo da melhor forma. Ensinou-nos alguns truques e técnicas que devemos ter em consideração quando estamos a falar com um utente (detesto esta palavra) que tem realmente um problema de saúde mental. Fizemos ainda uma entrevista com pessoas reais, utentes do nosso tutor, cujos pormenores não posso descrever aqui, tendo em conta o sigilo profissional que sabemos que temos de preservar, mas posso dizer que foi bom tê-los lá, observá-los como pessoas reais, com histórias passadas marcantes, definidoras de percurso até e, ainda muito futuro para viver.

Neuroanatomia. Eu não sei se alguma vez vos falei por aqui desta minha opinião, mas eu nunca achei que Anatomia fosse uma cadeira "para se gostar". Pelo menos não para mim, que não sou particularmente fã dos pormenores - às vezes, muito ridículos e sem utilidade alguma na nossa futura prática clínica - que a cadeira sublinhava e explorava. Mas aprendi a gostar da anatomia funcional e daí ter adorado as primeiras luzes de Anatomia Clínica do semestre anterior. Neuroanatomia está a parecer-me mais funcional também e menos chata. Menos pormenores e mais noções, conceitos do que é o quê. Ao passo que na anatomia descritiva - a do primeiro ano - estudamos o sistema nervoso periférico e alguma parte do sistema nervoso autónomo, incluindo os terríveis pares cranianos, este ano vamos explorar o sistema nervoso central, que inclui encéfalo (no qual está contido o nosso lindo e brilhante cérebro!) e a medula espinhal. Esta primeira semana fiz já uma apresentação sobre o lobo temporal e correu lindamente. Os meus monitores são muito acessíveis e simpáticos e o meu assistente, que ainda não conheci pessoalmente, mas já tive a oportunidade de assistir a uma aula teórica dele, também me pareceu um bom professor, muito claro no seu discurso e dinâmico.

Biopatologia. Tengo un maestro mexicano. É verdade! Senti-me num episódio de CSI Miami, naquela parte em que estamos literalmente a dois passinhos da morgue e o anatomopatologista refere que a pessoa morreu de um espirro. Foi uma aula... nada expectável. Desde testículos a úteros em formol, as coisas que mais me espantaram foram a cor e textura de um testículo em necrose hemorrágica e o tamanho real dos orgãos: o rim bem maior do que estava à espera e o útero muito pequenino. Do meu assistente, detetei doses elevadas de sentido de humor, o que por si só já diz alguma coisa de positivo acerca de qualquer pessoa. Disse-nos: "De mim, só precisam de saber que sou mexicano e que quando me zango falo em mexicano e demasiado depressa. Por isso, aviso-vos já que não vão perceber nada." Eu ri-me. A ver se me continuo a rir daqui para a frente.

5 comentários:

  1. Estou com tanta inveja por teres neuropsicologia ahah! Era o que eu realmente gostava de seguir pela curiosidade que tenho, mas que não me imaginava a trabalhar nesse ramo, por isso ficava-me por assistir a umas cadeiras disso e a esclarecer curiosidades. Ainda bem que tens essa oportunidade e que estás a gostar deste semestre :)

    ResponderEliminar
  2. Tudo o que envolva Neuro é complicado mas bastante aliciante, tal como tu própria já o percebeste! (: Força aí na maionese! :D
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. É de facto muita Neuro mas de certeza que não vais andar à neura :p

    ResponderEliminar
  4. Que giro, mais uma menina da FML! ;)
    Gostei imeenso do teu blog, é super interessante e já me perdi aqui um bocadinho :)
    Aproveita, é um semestre mesmo muito giro! E a oral nem parece a mesma coisa :) boa sorte!

    ResponderEliminar
  5. Que bom Inês :D é bom mentalizares-te que vais ter um semestre motivante! Já é meio caminho andado... em relação a doença mental, há muito que se lhe diga. Espero que corra tudo bem :))
    Beijitoss **

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic