14.5.16

from the daily scenes of my life


Orgulho-me muito desta semana que passou. Aconteceu de tudo. E eu fiz de tudo para que acontecesse. No meio do caos, consigo sempre encontrar-me, a mim e aos outros, os que me fazem continuar e perceber que esta minha caminhada é sempre merecida. 

Não sei se as notas que fiz esta semana vão conter os valores que eu sei que mereço, mas guardo em mim a certeza de que fui muito. 

O fim-de-semana vai ser longo, na companhia da Julieta (o meu esqueleto preferido), as minhas sebentas e claro, vai ter espaço (há muito aguardado) para um jantar de amigos.

Estou distante daqui, mas bem perto de mim. Estou bem. 


E vocês? Já pararam para pensar em tudo aquilo o que fizeram de incrível nesta semana? 

11 comentários:

  1. Tão bom esse sentimento de dever cumprido! Tão bom não precisarmos de saber o resultado para termos a certeza de que fomos espetaculares!
    Um bom fim de semana, Inês!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tu compreendes-me bem, certamente :)
      um comentário teu é sempre um comentário bom!
      obrigada por continuares aqui, querida Ju.

      Espero que estejas quase quase a entrar de férias... se não estás, boa sorte para os teus exames.

      beijoca!

      Eliminar
  2. Penso que nunca desenhei tanto na minha vida como neste último mês! Sei bem que a vida no secundário é uma pequena amostra do que poderá vir a acontecer na universidade, mas com um pouco de organização, as coisas ficam sempre mais leves! Só tenho a dizer que depois desta semana, sinto-me bastante orgulhosa dos resultados dos meus projetos e da quantidade de coisas que já adiantei. Serão os melhores últimos dias do ano letivo!

    Beijinhos!
    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que bom ler isto, Carolayne! Pessoas focadas são pessoas com futuro. E eu desejo-te o melhor.
      Um beijinho!

      Eliminar
  3. Olá Inês.Sigo-te há algum tempo e ler o teu blog tornou se um passatempo. Tenho pena que apesar de dares a conhecer o teu insta e pedires para seguir não me aceites só porque a minha conta também é privada. Para isso não dizias para as pessoas te seguirem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)

      A verdade é que eu nunca pedi para me seguirem, nem tenciono fazê-lo. Talvez compreenda que o tenhas pensado porque ali na barra da direita tenho um separador de instagram, ainda que não tenha a minha conta associada a ele, tenho mesmo que o eliminar, porque veio com o tema do blog.

      Portanto, além disto, não sei onde viste tal informação.

      Continuo a partilhar o que acho que devo partilhar na blogosfera e continuo a aceitar quem eu acho que faz sentido aceitar na minha conta privada de instagram. Quanto a isso, fui sempre muito clara e continuarei a sê-lo.

      Obrigada por acompanhares o blog, é bom sabê-lo :)

      Eliminar
    2. De qualquer das maneiras acho triste que não dês oportunidade a pessoas que te admiram para te seguirem, quando é fácil encontrar-te nos instagram e tens outras bloggers a sugiro-lo como uma boa conta para seguires. Não me interpretes mal, cada um tem quem quer na sua conta, mas com tanto seguidores e seguidos na tua conta nem todos são conhecidos, aposto. Rejeitar-me logo à partida só porque tenho a conta privada (poderias ver se gostavas e caso não quisesses eliminavas depois) e não sou uma blogger conhecida é no mínimo triste. Fico triste. Mas pronto, nada a fazer.

      Eliminar
    3. Obviamente que não te estou a "rejeitar", uma vez que não te conheço.
      Volto a dizer que os motivos são meus e já foram explicados aqui no blog, assim como já fiz questão de tos descrever. A única coisa que eu não posso fazer é implorar-te que os entendas.

      E uma coisa tão "banal" não te devia deixar triste. Há tantas coisas interessantes na vida para além do número de seguidores que uma pessoa tem no instagram. Parte da razão porque não aceito "toda a gente" está aí.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. há sempre alguma coisa boa! tu é que não reparaste, tenho a certeza :)

      Eliminar
  5. Tão bom orgulharmo-nos de nós próprios :D

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic