19.10.16

#CHAT || LETS TALK ABOUT ME.



Hello from the other side...!

A verdade é que parece que tenho estado mais do lado da faculdade do que do vosso. Hoje pretendo quebrar isso. Resolvi vir aqui pôr-vos a par de um pouquinho da minha vida. Acho que vos devo uma justificação para este long time no see, afinal já nos conhecemos há 3 anos... ou pelo menos é como eu gosto de pensar neste meu blog: uma mesa grande repleta de revistas de moda, opiniões, comida e o mais importante: pessoas! E não podemos faltar a encontros com amigos e não nos explicarmos, não é verdade?


Encontro-me agora no primeiro semestre do 3º ano de Medicina... conseguem acreditar?! 3º ano... quando ainda há pouco me queixava do montão de ossos e articulações que tinha que decorar! É difícil apercebermo-nos da passagem do tempo. Mais fácil fica pensar sobre isso: tenho 20 anos, faço aquilo que gosto e tenho a oportunidade de viver e estudar numa cidade que não a minha. Tenho chegado à conclusão de que tudo me aconteceu nestes três anos, mesmo que eu acusasse alguma "monotonia" na minha vida. A verdade é que tenho muita sorte em poder andar sempre cá e lá, o que significa estudar numa faculdade incrível à semana e voltar para casa todos os fins-de-semana, sem exceção. 

Tenho sorte. Tenho mesmo. 

E agora que Anatomia ficou bem lá para trás - e o medo das coisas que parecem impossíveis também! - estou pacífica. Tenho duas cadeiras que, apesar do intensivo estudo pré-aula que preciso de fazer para as entender, são deliciosas. Cada vez mais clínicas e, portanto, cada vez mais interessantes. Fisiopatologia tem sido uma das minhas preferidas, mas também não descuro de Introdução à Clínica em que, pela primeira vez, percebo alguns tum-tuns do nosso adorável coração. Deteto aquele sentimento de wannabe a doctor quando vestimos a bata branca e colocamos o estetoscópio ao pescoço, apesar de ainda um pouco imaturo, é interessante, de nossa parte. Parece que estamos a sê-lo, finalmente, passados dois anos de curso.

Mas não só de Medicina se tem feito a minha vida...! A verdade é que, quando volto a Famalicão, reúno-me com as minhas amigas que, à sexta-feira à noite - a nossa tão rotineira sexta - me fazem esquecer que eu estou longe na maioria do tempo. Elas trazem-me de volta àquela Inês de sempre. E isto faz-me bem. 

Além disso, tenho uma mega novidade...! A partir da próxima semana, na minha casa, passaremos a ser 5! E não, não vou ter um irmão. Mas vamos ter uma cadela!!! Depois de tantas promessas em pequenitos, de tantas desilusões de não podermos ter um animal porque vivíamos num pequeno apartamento, eis que chega a melhor coisa que nos podia melhorar as rotinas: a nossa Buka. Prometo trazer-vos aqui um post só acerca dela. Entre alguns cocós, xixis e chinelos roídos expectáveis, esperamo-la com muito muito amor!

Não saiam daí. Contem com mais blog nestas próximas semanas, sim? Ou pelo menos, tenham fé de que conseguirei vir aqui falar-vos de coisas bonitas - ideias não me faltam!


16 comentários:

  1. O meu colega de casa também sofre horrores com ossos e articulações ou, pelo menos, sofria. Já aprendeu há alguns meses os tum-tuns do coração e é mesmo interessante. Não adormeci quando o ouvi treinar o seu exame oral, só por aí já é bom.
    Já agora, de onde surge o nome Buka?
    Beijinho, Wine&Shine
    http://wineandshiine.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Letícia! :)
      O teu colega deve perceber-me, então... e tu também, visto que observaste de perto o desespero.
      O nome Buka tem uma origem muito simples, por acaso. A minha mãe teve um cão em pequenina e ele, infelizmente, desapareceu... resumindo, foi uma história um bocadinho triste para de facto darmos agora esse nome ao nosso novo membro, mas foi a verdadeira inspiração do nome. :)

      Eliminar
  2. tão bom ver-te por estes lados :)

    ResponderEliminar
  3. Tornei me uma pessoa tão diferente, muito mais sensivel e sociável desde que adoptei o meu cão! Os animais fazem coisas incriveis e sao verdadeiros amigos para a vida! Que este semestre te corra muito bem, querida Inês!

    ResponderEliminar
  4. Já tinha saudades de te ler, Inês! Tão bom saber que andas bem e feliz e que continuas a miúda positiva que sempre demonstraste ser... (:
    Obrigada por este miminho e Boa sorte com a nova companhia - terás garantidamente uma amiga para a vida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sweet Caroline... tenho-me deliciado contigo e com a tua nova etapa, deixa-me que te diga. És tão #girlpower, neste momento! (E sempre!) É um privilégio seguir-te.

      Eliminar
  5. Parabéns pela Buka na vossa vida! Acho que já o compreendes pela Nina mas, quando um animal de estimação entra na nossa vida, torna-se um companheiro insubstituível. Cresce connosco e isso é memorável.
    Quanto a este incrível espaço, eu estarei sempre cá para acompanhar as tuas novidades, no tempo que vierem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Inês! Minha querida inspiração dos dias mais chatos. É um prazer ter-te aqui, sempre :)

      Eliminar
  6. Olá Inês, conheci o teu cantinho hoje e estou deveras deliciada :) adorei o teu blogue e adorei o post
    Vais ver que não vais querer largar a tua cadela de agora em diante, são os melhores amigos de 4 patas que podemos ter na vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. deixei-te um comentário pelo teu cantinho. beijo!

      Eliminar
  7. Olá, Inês! Muito boa-sorte no teu 3º ano e estou ansiosa para "conhecer" a tua cadela!
    Beijinhos
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Matilde! Já somos duas :) mal posso esperar por Domingo! beijinho e obrigada pelas tuas palavras

      Eliminar
  8. Que bom voltar a ler-te Inês :) e tão bom saber ainda que vais ter uma nova companhia canina. Vais adorar :) eu já não vivo sem os meus dois cães.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tânia A.! E que bom ter-te aqui, de novo. Vocês são espetaculares, brindam sempre os meus regressos e isso é delicioso de se saber.

      Acredito! Já não posso viver sem a minha Nina, que nem minha cadela é, quanto mais sem a minha futura Bukinhas. :)

      Um beijo!

      Eliminar
  9. Que bom estares de volta Querida Inês! Espero que este ano de medicina seja ainda melhor que os anteriores! E já agora, ter um animal de estimação é a melhor coisa do mundo. Beijinhos :)

    ResponderEliminar

YOU are here. Thanks for that.

 
Designed by Beautifully Chaotic